A prova de inglês do TPS 2012, seguindo a tendência das provas anteriores, deixou claro que o vocabulário é um dos principais componentes sendo avaliados. Das 12 questões, pelo menos cinco delas estavam estritamente ligadas ao conhecimento de itens de vocabulário.

Mas o que é “vocabulário”?

Normalmente, quando pensamos em vocabulário, pensamos em palavras. De fato, as palavras compõem a organização lexical dos idiomas, porém não de forma exclusiva. Isso quer dizer que aprender vocabulário não quer dizer apenas aprender palavras. Para aprender vocabulário, segundo Michael McCarthy (1990), é preciso compreender:

– Formação de palavras:é preciso conhecer prefixos e sufixos (make – making), palavras derivadas (re-make), palavras compostas (make-believe) etc.

– Unidades de multi-palavras: phrasal verbs (look up to, give in) e expressões idiomáticas (have a sweet tooth, do all the donkey work).

– Colocação (Collocations): é preciso reconhecer quais palavras mais provavelmente ocorrem juntas (make a trip or do a trip? depend on or depend of?).

– Relações de Sinonimia: é importante conhecer palavras que têm o mesmo significado, porém sempre com a ressalva de que não há sinônimos absolutos, pois há variações em termos de regência (begin = start, mas dizemos start the car, não begin the car) e formalidade (girl = gal, porém gal é informal).

– Polissemia: muitas palavras quando ocorrem em contextos diferentes apresentam significados bastante diferentes (por exemplo, “bat” = morcego E taco de beisebol).

Esses são apenas alguns dos aspectos de compõem a organização lexical dos idiomas. O que é importante ressaltar, nesse sentido, é que aprender vocabulário não é aprender palavras, mas sim significados.

Como se dá a aquisição de vocabulário de uma língua estrangeira?

Não se conhece de forma detalhada como a mente organiza o vocabulário. O que se sabe é que não se deve presumir que a mente organiza o vocabulário de uma língua estrangeira assim como o faz com a língua mãe (Channell, 1998). O que se pode afirmar, de forma resumida, é que a aprendizagem efetiva de vocabulário se dá através de três operações mentais:

– Input: o vocabulário é inserido de alguma forma na mente
– Armazenamento: o vocabulário é mantido na mente e não se perde
– Recuperação: o vocabulário é recuperado toda vez que necessário para uso

Como isso interfere na forma como você estuda vocabulário?

Entender o que é vocabulário e como ele é adquirido quando do estudo de um idioma estrangeiro nos leva a refletir sobre como podemos estudar vocabulário de uma forma mais eficiente. Seguem algumas dicas:

1. Foco em Vocabulário!

Sem qualquer sombra de dúvida, para aprender mais vocabulário e de forma mais eficiente, é preciso fazer atividades e exercícios que tenham este foco – e não apenas esperar que com alguns exercícios de leitura, por exemplo, o vocabulário será aprendido. Existem diversos livros que têm abordagens sistemáticas quanto à aquisição de vocabulário que podem ser grandes aliados nesse sentido. Outra opção, muito apropriada para quem se prepara para o CACD, é ler artigos de revistas como The Economist com foco no vocabulário: destacar palavras desconhecidas, procurá-las em um dicionário monolíngue, notar se há mais de um significado, quais são as regências possíveis etc.

2. Armazene e Reveja!

Faça um caderno ou uma planilha de novo vocabulário para que você possa revê-lo de tempo em tempo para aumentar suas chances de recuperar esse vocabulário quando precisar.

Nessa lista, não escreva apenas as palavras e expressões novas e suas traduções: anote também a classificação sintática das palavras, como elas podem ser transformadas em substantivos ou advérbios (formação de palavras), quais são os verbos e as preposições mais comum com aquelas palavras (regência), sinônimos, antônimos etc.

3. Mantenha o Vocabulário Sempre Ativo!

Procure usar expressões novas em exercícios escritos – como simulados de redação. É uma boa forma de testar seus conhecimentos e manter esse vocabulário sempre ativo, pronto para ser usado em uma situação de prova!

No próximo post darei dicas sobre livros que podem ajudar na aquisição de vocabulário!

Cheers!

Anúncios