A manchete de um artigo publicado por The Washington Post diz que “We shouldn’t condone the Baltimore riots, but let’s stop calling them senseless“. Pela própria oração adversativa introduzida por but, já podemos ter uma ideia de que condone não tem um sentido negativo. Condone não quer dizer “condenar”.

Condone

Condone é um verbo que, segundo o livro Vocabulando, quer dizer “tolerar, aceitar; admitir, aprovar, condescender, justificar, permitir, perdoar tacitamente; deixar passar, fechar os olhos”. Veja alguns exemplos:

Violence against women is often condoned by the state. (A violência contra a mulher muitas vezes é tolerada pelo Estado. / O Estado muitas vezes fecha os olhos à violência contra a mulher.)

This newspaper will not condone racism against groups or individuals. (Este jornal não tolera / não aceita / não admite / não permite racismo contra grupos ou indivíduos.)

Merriam-Wesbter’s Online Dictionary traz uma série de sinônimos para condone, como brush aside, gloss over, overlook, whitewash, wink at.

Mas como dizer “condenar”?

Condenar”, no sentido de “declarar (alguém / algo) censurável”, pode ser traduzido como condemn. No sentido de “impor uma pena a alguém”, condemn também pode ser usado, mas também é comum usar o verbo sentence.

Cheers!

Fontes:

Dicionário Houaiss

Dicionário Porto

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

Macmillan Dictionary

Merriam-Webster’s Online Dictionary

Anúncios

Hackers could commandeer planes using onboard passenger wifi“, informa uma manchete do site ÜbergizmoCommandeer, entretanto, não quer dizer “comandar”, pois é um falso cognato.

Commandeer

Commandeer é um verbo que, segundo o livro Vocabulando, quer dizer “confiscar, apropriar-se, tomar; requisitar para uso militar ou próprio”. Veja exemplos abaixo:

City officials themselves commandeered communication equipment from a looted Office Depot. (As prórprias autoridades confiscaram / tomaram equipamentos de comunicação de uma loja saqueada.)

A brave young man commandeered a bus and drove fleeing residents to Houston. (Um rapaz corajoso se apropriou de um ônibus e levou moradores em fuga até Houston.)

No Merriam-Webster’s Online Dictionarycommandeer é sinônimo de hijack.

Mas como dizer “comandar”?

Comandar”, no sentido de “dirigir como superior”, pode ser traduzido, segundo o Dicionário Porto, como command, be in charge of, lead.

Note-se, entretanto, que “comandar” é um verbo polissêmico. No sentido de “comandar um mecanismo de controle”, uma tradução possível seria control.

Cheers!

Fontes:

Dicionário Houaiss

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

Longman Online Dictionary

Macmillan Dictionary

Merriam-Webster’s Online Dictionary

Ler que alguém teve uma “cavalier attitude” com relação a algo poderia, em um primeiro momento, nos levar a pensar que a atitude tivesse sido algo como cavalheiresca, mas… trata-se do contrário!

“Cavalier” (adj.) quer dizer:

– “arrogante, desdenhoso”: He displayed a cavalier attitude towards his reports (“Ele tinha uma atitude arrogante para com seus subordinados”)

– “displicente, negligente”: The doctor is troubled by the cavalier way his patients are handled at public hospitals (“O médico está abalado com a maneira negligente com que seus pacientes são tratados nos hospitais públicos”)

Como dizer “cavalheiresco”?

Você pode dizer “gentlemanly” (adj.): He is too gentlemanly to accept that sort of thing (“Ele é muito cavalheiresco para aceitar esse tipo de coisa”). Outras opções são “chivalrous” e “gallant”.

Outras palavras que poderiam ser confundidas são “cavaleiro” (s.) (horseman) e “cavalheiro” (s.) (gentleman).

Cheers!

Fontes:

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

SANTOS, Agenor Soares dos. Guia Prático de Tradução Inglesa: como evitar as armadilhas das falsas semelhanças. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Dicionário Porto

O título de um artigo recente da revista Foreign Affairs é Nigeria’s countless casualties (February 9th 2015). “Casualty” (s.) não quer dizer “casualidade”, mas sim:

– “vítima, baixa, perda”: The factory was a casualty of recession (“A fábrica foi uma vítima da recessão”)

Esse substantivo é geralmente usado no plural, com o sentido de:

– “perdas, mortos e feridos”: Battlefield casualties were high (“Houve muitos mortos e feridos no campo de batalha”)

Outra acepção do termo é:

– “pronto-socorro”: He was taken to casualty (“Ele foi levado ao pronto-socorro”)

Como dizer “casualidade”?

Você pode dizer “chance” ou “accident”: I met him by chance (“Eu o conheci por casualidade / por acaso”)

Cheers!

Fontes:

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

SANTOS, Agenor Soares dos. Guia Prático de Tradução Inglesa: como evitar as armadilhas das falsas semelhanças. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Macmillan Dictionary

Dicionário Porto

Conhecer falsos cognatos é essencial nas provas de inglês do CACD, especialmente nas tarefas de tradução. No artigo Zombies in the cloud (The Economist, April 11th 2015), por exemplo, podemos ler a frase: “Actual government sites have also been hijacked, such as that of the Anhui provincial land and resources bureau […]”. Traduzir “actual” como “atual” seria incorreto, já que essa palavra é um false friend.

“Actual” (adj.) não quer dizer “atual”*. Trata-se de um adjetivo que pode ser traduzido como:

– “real, verdadeiro, efetivo”: the actual cost of goods (“o custo real das mercadorias”)

– “propriamente dito; em si”: There is much more in this treaty than its actual text (“Há muito mais neste tratado do que o texto em si”)

– “textual; exato”: These are his actual words (“São estas suas palavras textuais”)

Nesse sentido, vale comentar que assim como “actual” não quer dizer “atual”, “actually” (adv.) não quer dizer “atualmente”, mas sim:

– “realmente; mesmo”: None of us had actually seen the contract (“Nenhum de nós tinha realmente visto o contrato”)

– “na verdade; em rigor”: Actually, it was not so (“Na verdade, não foi assim”)

O advérbio inclusive é com frequência usado para dar ênfase a algo:

He actually spoke Hebrew and Arabic (“Ele até falava hebraico e árabe”)

He actually said he would leave us (“Ele chegou a dizer que nos deixaria”)

Como dizer “atual”?

“Atual”, em inglês, é “current”: There are several reasons for the current political situation.

Cheers!

Fontes:

LANDO, Isa Mara. Vocabulando: vocabulário prático inglês-português: from ability to zest. São Paulo: Disal, 2006.

SANTOS, Agenor Soares dos. Guia Prático de Tradução Inglesa: como evitar as armadilhas das falsas semelhanças. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Macmillan Dictionary

* O Guia Prático de Tradução Inglesa faz uma ressalva, entretanto, afirmando que “actual” só que dizer “atual” em linguagem técnica, como “actual neurosis” (um conceito da psicanálise)