Foi publicado no Diário Oficial da União de hoje, dia 18 de junho, o edital do concurso de 2013. Este ano teremos apenas 30 vagas, sendo duas delas reservadas a portadores de deficiência.

A primeira fase (TPS) acontecerá em 18 de agosto e o formato será o mesmo de 2012: 65 questões no total, sendo 12 delas sobre língua inglesa. A novidade este ano é que além do caráter eliminatório e classificatório do TPS, os candidatos serão classificados apenas até a 100ª posição. O resultado do TPS será publicado na data provável de 10 de setembro.

A prova de inglês, na terceira fase, provavelmente ocorrerá em 27 de outubro e terá o mesmo formato da de 2012: “tradução de um texto do inglês para o português (valor 20,00 pontos); tradução de um texto do português para o inglês (valor 15,00 pontos); redação de um resumo, em inglês,a partir de um texto escrito em língua inglesa (valor 15,00 pontos); e redação, em inglês, a respeito de tema geral, com extensão de 400 a 450 palavras (valor 50,00 pontos)”. Além disso, o edital salienta que “será apenada a redação que desobedecer à extensão mínima ou máxima de palavras, deduzindo-se 0,20 ponto para cada palavra que faltar para atingir o mínimo ou que exceder o máximo exigido. Será atribuída nota 0 (zero) à redação a respeito de tema geral que não se atenha ao tema proposto ou que obtenha pontuação 0 (zero) na avaliação da correção gramatical e da propriedade da Linguagem”. O resultado provisório da terceira fase será divulgado na data provável de 25 de novembro – e o final, em 9 de dezembro.

O resultado final do concurso será divulgado na data provável de 25 de dezembro de 2013.

Quanto ao conteúdo da prova de inglês:

Primeira Fase: 1 Compreensão de textos escritos em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para compreensão dos conteúdos semânticos.

Terceira Fase: 1 Redação em língua inglesa: expressão em nível avançado; domínio da gramática; qualidade e propriedade no emprego da linguagem; organização e desenvolvimento de ideias. 2 Versão do Português para o Inglês: fidelidade ao texto-fonte; respeito à qualidade e ao registro do texto-fonte; correção morfossintática e lexical. 3 Tradução do Inglês para o Português: fidelidade ao texto-fonte; respeito à qualidade e ao registro do texto-fonte; correção morfossintática e lexical. 4 Resumo: capacidade de síntese e de reelaboração em Inglês correto.

Como observações pessoais, a classificação de apenas 100 candidatos para a segunda fase provavelmente elevará consideravelmente a nota de corte do TPS. Quanto à prova de inglês da terceira fase, especificamente, não acho aconselhável interromper os estudos e exercícios práticos nos formatos das tarefas de terceira fase. Primeiramente porque apenas dois meses separam o TPS da terceira fase e esse período pode não ser suficiente para o aprimoramento das diversas habilidades testadas nas tarefas da terceira fase. Em segundo lugar porque a preparação para a prova de inglês da terceira fase pode contribuir para um melhor resultado na prova de inglês do TPS, principalmente no que diz respeito à gramática e ao vocabulário.

Bons estudos e boa sorte a todos!

Cheers!

Anúncios