Na língua inglesa, é possível usar um substantivo (noun) para modificar outro substantivo, funcionando assim como se fosse um adjetivo. Quando usado dessa forma, chamamos esse substantivo de attributive noun ou noun adjunct. No caso, por exemplo, de chicken soupchicken é um attibutive noun que modifica o substativo soup.

Attributive nouns são bastante comuns na língua inglesa, porém seu uso pode, por vezes, causar ambiguidade e/ou falta de clareza. Como essa estrutura noun + noun não apresenta elementos que conectem esses substantivos, como preposições ou mesmo apóstrofos, a relação entre os substantivos acaba dependendo das inferências do interlocutor. Por exemplo, na manchete Woman Killer At Large, é difícil determinar, sem conhecer o  contexto, se a reportagem é sobre uma mulher assassina ou sobre um assassino de mulheres. Da mesma forma, se não conhecermos o jargão health information science, poderíamos crer que isso é algo que esteja relacionado a the science of health information ou a the information science of health.

Essa possibilidade de falta de clareza e/ou ambiguidade também é verificada quando uma série de substantivos (noun string) é usada para modificar um outro substantivo. Na frase “MHS has a hospital employee relations improvement program“, perceba que o noun string consiste de cinco substantivos e que isso pode gerar alguma dificuldade de compreensão. Para que essa frase fique mais clara, ela poderia ser escrita da seguinte forma: “MHS has a program to improve relations among hospital employees“.

Para evitar noun strings, é preciso, portanto, transformar substantivos em verbos, usar preposições etc. É claro que isso geralmente torna a linguagem menos concisa (o que é uma preocupação legítima principalmente na tarefa Summary), mas expressar ideias com clareza é tão importante quanto ser conciso – além disso, há outras formas de escrever um texto conciso. Por isso, seguem alguns exemplos de noun strings seguidos de estruturas melhoradas com o objetivo de mostrar não só como a falta de clareza é comum em casos de noun strings, mas também quais estratégias, em termos de substituição de palavras, podem ser usadas para tornar um texto mais claro.

Noun string: NASA continues to work on the International Space Station astronaut living-quarters module development project.

Improved structure: NASA is still developing the module that will provide living quarters for the astronauts aboard the International Space Station.

Noun stringMunicipal Solid Waste Classification Methodology

Improved structure: Methodology for Classifying Municipal Solid Waste

Noun stringUnderground Mine Worker Safety Protection Procedures

Improved structure: Procedures for Protecting the Safety of Mine Workers

Cheers!

Fontes:

MURPHY, Raymond. English Grammar in Use. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

The Writing Center @ The University of Winsconsin – Madison

The UVic Writer’s Guide

Wikipedia

Anúncios

Partindo do pressuposto de que todos nós somos capazes de melhorar nossa habilidade de writing por meio da percepção e da prática de alguns princípios básicos relacionados a uma escrita clara, concisa e coerente, este primeiro post sobre writing trata de um dos requisitos mais essenciais para uma escrita clara: evitar o abstrato.

As frases normalmente são compostas por palavras de diversas classes gramaticais e geralmente incluem um ou mais substantivos. Há muitos tipos de substantivos (nouns) em inglês, porém o que nos interessa neste post são os concretos e os abstratos. Um substantivo concreto é algo que é perceptível, tangível – algo que se pode tocar, ver, como “wood”, “blood”, “hair”. Substantivos abstratos fazem referência a ideias, conceitos, qualidades, estados mentais: “beauty”, “fascism”, “doubt”, “truth”, “fear”. Não há problema algum em usar substantivos abstratos, desde que sejam empregados da forma correta. O problema com o uso de substantivos abstratos é que, muitas vezes, ao usá-los, acabamos por esvaziar de significado algo que estamos tentando expressar.

Analisemos, por exemplo, a palavra “aspect”. O uso dessa palavra está correto quando a empregamos para falar sobre a forma como uma paisagem, um problema ou uma situação pode ser vista: “When looked at from the aspect of Britain’s interests the proposal is unsatisfactory”. Entretanto, quando a palavra é usada com o sentido de “part” ou “consideration”, a frase acaba não tendo um sentido muito claro: “The government must consider the economic aspect”. Esse tipo de uso de substantivos abstratos acaba exigindo que o leitor interprete (e muitas vezes “superinterprete”) o que o autor quer dizer.

Uma forma de evitarmos essa falta de clareza em nossa expressão escrita é nos certificarmos de que estamos utilizando os substantivos abstratos de forma adequada. Isso pode ser feito tanto ao garantirmos que estamos empregando os substantivos abstratos de forma correta (como no primeiro exemplo com a palavra “aspect”) quanto ao tentarmos “bring them down to earth” – isto é, usar substantivos concretos ou mesmo exemplos que possibilitem que o que se entende por aquela ideia ou aquele conceito abstrato fique mais claro.

Outra forma seria evitar o uso de alguns substantivos abstratos simplesmente “rephrasing” aquilo que inicialmente pensamos ou já escrevemos. Na lista a seguir, podemos ver alguns exemplos de substantivos abstratos empregados de formas pouco claras e sugestões de como tornar essas mesmas frases e ideias mais claras:

Attitude – The countries adopted a menacing attitude. The countries started to act menacingly.
Availability – Supplies will be subject to limited availability. Supplies will be limited / scarce.
Basis –  They do it on a regular basis. They do it regularly.
Capability, capacity –  Iraq has a chemical warfare capability/capacity. Iraq has chemical weapons.
Element – There was a rebel element in the village. There were rebels in the village.
Factor –  We must not forget the unemployment factor. We must not forget unemployment.
Level –  The general level of conduct was satisfactory. Generally, conduct was satisfactory.
Manner – He spoke in a reckless manner. He spoke recklessly.
Nature –  They made arrangements of a temporary nature. They made temporary arrangements.

Cheers!

(Adaptado de “Improve your Writing Skills”, Collins, 2009)