Aprenda a ler fluentemente em inglês com atividades de ‘extensive reading’

“The more that you read,

The more things you will know.”

~Dr. Seuss

 

Em seu livro I Can Read With My Eyes Shut, Dr. Seuss, pseudônimo do escritor norte-americano Theodor Seuss Geisel, mostra para o público infantojuvenil como a leitura pode ser algo divertido e também uma fonte de conhecimentos. A leitura pode ter diversos objetivos, usos e resultados, para além da diversão e do conhecimento, sendo que um deles é aprender a ler fluentemente. Sim, one learns to read by reading! Assim, reformulando a epígrafe de autoria de Dr. Seuss, “the more that you read, the better you will become at it”.

Mas como usar a própria leitura como instrumento para aprender a ler com fluência — no nosso caso, para ler fluentemente na língua inglesa? Quando estudamos uma língua estrangeira, as atividades que realizamos em sala de aula normalmente são de intensive reading: o professor seleciona um texto que deve ser estudado pelos alunos praticamente linha a linha, com consultas frequentes a dicionários, para que as palavras e os sentidos do texto sejam devidamente compreendidos. Atividades de intensive reading são importantes para desenvolver algumas habilidades de leitura, mas o fato é que elas não ajudam a desenvolver a leitura fluente.

O que realmente contribui para o desenvolvimento da leitura fluente é o que chamamos extensive reading. Podemos resumir esse tipo de atividade de leitura em quatro pilares:

  1. É você (não o professor) que escolhe o que vai ler e quanto vai ler (e você pode desistir se, no meio da leitura, perder o interesse);
  2. O propósito da leitura é a compreensão geral do texto (não palavra por palavra) e o prazer de ler;
  3. Os materiais selecionados para a leitura devem estar de acordo com a sua competência linguística;
  4. A leitura é feita individualmente e em silêncio.

Ao ler esses quatro pilares, alguém poderia pensar: “então, extensive reading é simplesmente reading”. Sim! Nas palavras de Day & Bamford, em seu livro Extensive Reading in the Second Language Classroom, extensive reading é “real-world reading but for a pedagogical purpose”. A ideia é tratar o texto não como um objeto de estudos de uma língua estrangeira, mas sim como um objeto de uma experiência literária, um objeto de prazer.

A abordagem pode parecer counterintuitive, mas há décadas de pesquisas e publicações por trás da sua defesa. Uma das teorias que dá suporte à abordagem está relacionada à área da psicologia cognitiva. Segundo essa teoria, a base da leitura fluente é o reconhecimento automático de palavras. As palavras que são reconhecidas automaticamente pelo leitor são chamadas de sight words (e, coletivamente, formam o sight vocabulary). Assim, para ser um leitor fluente, é preciso ter um sight vocabulary bem amplo para que o reconhecimento das palavras seja automático e o leitor não precise pausar em palavras desconhecidas para decodificar seu sentido – o que interrompe a fluência da leitura. E como podemos desenvolver esse tal de sight vocabulary? Através de atividades de extensive reading! Ao lermos um texto qualquer, encontramos uma série de palavras que se repetem ao longo do texto; é o encontro frequente com essas palavras que faz com que elas passem a compor o sight vocabulary do leitor. Assim, a atividade de extensive reading leva à familiaridade com novas palavras e, com isso, à automaticidade e, consequentemente, à leitura fluente. Como explicam Day & Bamford, “the development of a large sight vocabulary can be seen as overlearning words to the point that they are automatically recognized in their printed form. The best and easiest way to accomplish this is to read a great deal”.

Na verdade, atividades de extensive reading não contribuem “apenas” para a leitura fluente: elas consolidam a aprendizagem do idioma estrangeiro e incrementam a proficiência de forma geral. Elas estão associadas a incremento no vocabulário e a melhorias na produção escrita e até na ortografia. Em seu livro The Power of Reading, Stephen Krashen afirma que “reading is the only way, the only way we become good readers, develop a good writing style, an adequate vocabulary, advanced grammar, and the only way we become good spellers.”

Dentre todas as vantagens da realização de atividades de extensive reading, destaco, além do desenvolvimento da fluência na leitura, o ganho de vocabulário. Conforme o leitor progride na leitura do texto selecionado, ele adquire vocabulário incidentalmente. Eu digo “incidentalmente” porque, em atividades de extensive reading, as consultas a dicionários são totalmente desencorajadas – isso quando não proibidas. A aprendizagem de vocabulário novo se dá por inferências de sentido com base no contexto em que o vocabulário é encontrado. Segundo Nagy & Herman, em um capítulo do livro The Nature of Vocabulary Acquisition, de McKeown & Curtis, “incidental learning of words during reading may be the easiest and single most powerful means of promoting large-scale vocabulary growth”.

Para que o leitor possa adquirir vocabulário incidentalmente em atividades de extensive reading, portanto, é essencial que o segundo e o terceiro pilares mencionados, em particular, sejam observados: como o leitor não deve / não pode recorrer a dicionários, é preciso que 1)  ele selecione um material para leitura que não esteja além do seu nível de competência linguística e que 2) ele se satisfaça com menos que a compreensão total do texto (o propósito é compreensão geral, não total). Assim, o material ideal para realizar atividades de extensive reading, caso você ainda não seja proficiente no idioma-alvo, é o que chamamos de language learner literature, ou seja, livros escritos ou adaptados para quem está aprendendo um idioma estrangeiro. Há várias coleções disponíveis no mercado (Macmillan Readers, Oxford Bookworms Library etc.), e há também opções disponíveis gratuitamente na internet, como no site http://english-e-books.net/. Para escolher o material mais adequado para seu nível, faça o seguinte teste: escolha uma página qualquer de um livro que te interessar; se essa página tiver mais de cinco palavras que você desconhece, é preciso escolher um nível inferior a esse (e fazer o mesmo teste). Lembre-se: “building reading fluency is achieved through much practice with easy texts” (Day & Bamford).

Selecionado o material para leitura,  a atividade de extensive reading já pode ser iniciada!  Já que o objetivo é desenvolver a leitura fluente, o leitor deve ignorar as palavras / expressões desconhecidas ou, se possível, inferir seu sentido pelo contexto. Interromper a leitura para consultar um dicionário atrapalha a leitura fluente, que é o objetivo da atividade! Outra opção é ir lendo o texto extensively, sem interromper a leitura fluente, e sublinhando as palavras desconhecidas; depois de concluída a leitura (ou aquela sessão de leitura), o texto pode ser estudado intensively, ou seja, com consultas a dicionários. Mas lembre-se: se o texto contém mais de cinco palavras desconhecidas por página, você provavelmente não está fazendo uma atividade de extensive reading e nem desenvolvendo a leitura fluente. Seu objetivo com a atividade de extensive reading não é “estudar vocabulário”, mas sim aprender a ler fluentemente, com ganhos incidentais de vocabulário. Segundo Day & Bamford, “learning second language vocabulary is important, but it cannot get in the way of learning to read. Students must realize they are practicing reading, not learning vocabulary. When the two are incompatible in reading class, reading must take priority”.

Cheers!

Bibliografia:

Day, R. & Bamford, J. Extensive Reading in the Second Language Classroom. Cambridge University Press, 1998.

Krashen, S. D. The Power of Reading: insights into the research. Libraries Unlimited, 1993.

Nagy, W. E. & Herman, P. A. Breadth and depth of vocabulary knowledge: implications for acquisition and instruction. IN: McKeown, M. G. & Curtis, M. E. (org.) The Nature of Vocabulary Acquisition. Lawrence Erlbaum, 1987.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s