TPS 2015 | Orlando – A biography

Adicionei uma correção (Q39.1) em 04/08/2015, às 18h56.

Sigo comentando o TPS 2015, agora com enfoque no que talvez tenha sido o texto mais polêmico e difícil da prova de inglês deste ano: Orlando – A biography.

Questão 39. According to the text, decide whether the following statements are right (C) or wrong (E).

1. Orlando cut a striking figure.

CERTO. Cut a striking figure é uma expressão idiomática que quer dizer look attractive.

2. Lunging, plunging and slicing the air with a blade were activities with which Orlando engaged as some sort of rehearsal for the roles he believed he would eventually play.

CERTO. Essas atividades, que estão descritas nas linhas 20 e 21 do texto, eram aquilo a que Orlando se dedicava em casa, já que tinha apenas 16 anos e por isso não podia viajar com seu pai e avô para a África ou para a França. O texto também nos informa que Orlando havia jurado que, como seu pai e seu avô, cortaria muitas cabeças (l. 16-17).

3. Orlando acquired, from an early age on, a disconcerting habit of cross-dressing. 

ERRADO. O texto não traz qualquer informação sobre cross-dressing. Existe apenas uma referência, logo no início do texto, de que não há dúvidas de que Orlando fosse homem, muito embora a moda naquela época contribuísse para que isso fosse ocultado.

4. One could find some live animals up in the attic of Orlando’s house.

ERRADO. O texto afirma que havia um vitral na casa de Orlando com um grande brasão da família. Quando o sol batia nesse vitral, imagens e cores do vitral podiam ser vistas no chão e em partes do corpo de Orlando, como o leopardo heráldico de corpo amarelo ou as cores vermelho, azul e amarelo refletindo na mão de Orlando como se formassem a asa de uma borboleta (l. 23-29).

Questão 40. In relation to Orlando’s family, decide whether the following statements are right (C) or wrong (E).

1. Orlando’s mother was a victim of his, because he would make off with her money while she was busy in the garden.

ERRADO. O texto afirma que Orlando “would steal away from his mother and the peacocks in the garden and go to his attic room […]”. Note que steal, nesse contexto, quer dizer “move somewhere quietly and secretly”.

2. Orlando’s father or his grandfather traversed vast expanses of land beheading people of different races along the way.

CERTO. Trata-se de uma paráfrase do trecho que vai da linha 13 até a linha 15: “Orlando’s fathers had ridden in fields of asphodel, and stony fields, and fields watered by strange rivers, and they had struck many heads of many colours off many shoulders […]”.

3. His mother, when pregnant, foresaw a life of success for Orlando, a life which would make her happy.

ERRADO. O texto não diz nada nesse sentido. A autora apenas afirma que feliz é a mãe, pois ela gera, mas mais feliz ainda é a biógrafa (em referência a si própria), pois ela registra a vida de alguém como Orlando.

4. Orlando’s family have enjoyed their title from time immemorial.

CERTO. O texto diz que “His fathers had been noble since they had been at all”, o que quer dizer que eles eram nobres desde o início de suas existências. From time immemorial pode ser uma paráfrase dessa ideia, já que quer dizer “há muito tempo”. Veja também nossa postagem sobre time immemorial.

Questão 41. As far as Orlando’s physical features are concerned, decide whether the following statements are right (C) or wrong (E).

1. There was some fine, silky, soft hair both on his lips and cheeks.

CERTO. O texto afirma que “The red of the cheeks was covered with peach down; the down on the lips was only a little thicker than the down on the cheeks” (lines 42-44). Down, enquanto substantivo, pode querer dizer “soft short hairs”.

2. His teeth were not perfectly aligned and had the colour of nuts.

ERRADO. O texto diz apenas que “The lips themselves were short and slightly drawn back over teeth of exquisite and almond whiteness” (l. 44-45), o que quer dizer que seus lábios eram curtos e um pouco retraídos e que a brancura de seus dentes era muito bonita e parecia a cor das amêndoas.

3. His eyes and brow were his most striking facial features.

CERTO. Essa é a impressão que se tem a partir da linha 47, devido a passagens como “Directly we glance at eyes and forehead, thus we do rhapisodize” (l. 55-56).

4. Orlando’s lips and cheeks had a sweet fragrance reminiscent of fresh fruit.

ERRADO. Não há qualquer referência a isso no texto. Quando a autora fala que “the red of his cheeks was covered with peach down”, peach é um adjetivo, e não um substantivo, que quer dizer “yellowish pink in color”.

Questão 42. In reference to the content of the text, its vocabulary and syntactic structure, decide whether the following statements are right (C) or wrong (E).

1. By being informed that Orlando had a “sullen face” (l. 34 and 35), the reader learns that Orlando was a serious and grave young man.

CERTO. É o que se pode apreender a partir do sentido de sullen.

2. In lines 4, 7 and 9, although with different syntactic functions, the word it refers to the same thing: “the head of an enemy which swung from the rafters” (l. 3 and 4).

CERTO. O referente de it nas três ocorrências é a cabeça mesmo, e o pronome tem funções diferentes nessa passagem (na linha 7, por exemplo, é objeto, enquanto que na linha 9 é sujeito).

3. The repetition of single words and of phrases results in a tiresome text, one in which the author tries to tell a story but is stuck in descriptive language. 

ERRADO. A repetição de palavras e expressões é a base de várias figuras de linguagem, como a epanáfora e a epístrofe, e não resulta, necessariamente, em um texto cansativo. Citando uma autoridade de mais de dois mil anos quando o assunto é elocução, “existe na repetição de palavras uma elegância que o ouvido é capaz de distinguir com maior facilidade do que as palavras podem explicar” (Rhetorica ad Herennium IV.XIV.21). A escolha de palavras, ainda que repetidas, é boa quando elas são apropriadas para o propósito do autor (Cf. Oxford Essential Guide to Writing), o qual parece ser, nesse texto, a ênfase e talvez algum ritmo. Além disso, a autora não ficou presa em uma linguagem descritiva ao tentar contar uma história: ela está contando uma história e faz uso da descrição, nesse trecho, como parte da sua narração para caracterizar o personagem.

4. The use of the words “dome” (l. 54) and “temples” (l. 55) has the effect of creating a faint aura of saintliness and religiousness about Orlando. 

ERRADO. Dome não faz, necessariamente, referência a uma arquitetura religiosa, e temple, nesse contexto, quer dizer “têmpora”.

Cheers!

Posted In:

2 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s